quarta-feira, 30 de novembro de 2011



A todos os alunos e professores que contribuíram e participaram no processo de criação dos trabalhos para a mostra de Natal .Que apreciem em cada canto da nossa escola, cenas singelas com sinos,velas, botas, bons velhinhos, bonecos de neve, anjos de luz e um arco-íris de cores . Que todos possam viver em paz e harmonia esse dia tão especial que é...o Natal!

O dia da consciência Negra e a Arte Afro-brasileira


A arte afro-brasileira passou a ser reconhecida no século XX como qualquer outra manifestação artística.Por volta de 1920, as galerias de arte de Paris apresentaram em suas exposições: esculturas, talhas, máscaras e outros objetos procedentes do continente africano. Essas obras vindas da África e dos mares do sul portadoras de grande força emotiva e criadora, só foram reconhecidas por artistas modernos no início do século XX. No Brasil a cultura africana veio com o tráfico dos escravos e se misturou com a cultura brasileira.Com os artistas e escritores modernistas nasceu a   preocupação de valorizar nossas heranças culturais africanas, indígenas,e a arte popular resultante da mistura desses povos. A arte afro-brasileira consiste na cultura material dos segmentos negros no Brasil.  encontra-se  na arte-barroca, acadêmica, modernista, contemporânea , erudita e popular. A África está aqui na arte de Aleijadinho, na Música de Vila-Lobos e dorival Caymmi, nas mulatas de Di Cavalcante, nas esculturas e pinturas de Carybé, na poesia de Gregório de Matos,Castro Alves e Vinicius de Moraes, na dança, no canto, nos deuses e na culinária.
O dia da Consciência Negra foi lembrado com as turmas que realizaram desenhos e pinturas inspirados na estética africana e nas obras de Pablo Picasso que inseriu em suas obras a sua própria experiência com a arte africana.


Arte da África

"As máscaras representam um disfarce, uma possibilidade de adquirir forças mágicas."

Máscaras Africanas

Desenhos elaborados pelos alunos das 6ªs séries.







Pablo Picasso - Les demoiselles d´Avignon